Nova Friburgo e a incrível produção de morango

A cidade de Nova Friburgo é a maior produtora de morango do estado. Com mais de 50 anos de experiência no plantio dessas frutas, os agricultores da cidade têm agora investido na implantação de melhores técnicas de cultivo das mesmas.

Segundo a Plataforma Rural de Oportunidades Sustentáveis e Agroecológicas (PROSA), o cultivo de morangos em Nova Friburgo iniciou-se na década de 60, predominantemente na região próxima a Campo do Coelho. De acordo com a PROSA, o plantio de morangos aumentou significativamente quando outros produtores iniciaram a atividade no final da mesma década.

Os morangos produzidos por Nova Friburgo eram conhecidos pelo seu bom sabor, no entanto, com pouco tempo de prateleira. Apesar da sustentação da produção familiar característica ao longo dos anos, a impossibilidade de produção fora de época era um grande impasse para os agricultores. Com isso, a continuidade da atividade ficava seriamente comprometida.

Ao longo da década de 2000, o risco de extinção da atividade tornou-se ainda mais forte. Com isso, surgiu a necessidade de medidas urgentes e a introdução de novas tecnologias. Com o propósito de fomentar a continuação da produção, nos anos de 2003 e 2004 iniciaram-se esforços com apoio da Prefeitura Municipal de Nova Friburgo (Secretaria de Agricultura); do Estado, através da EMATER (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural); e do SEBRAE.

Através de um intercâmbio técnico, foi realizada, em 2007, uma excursão ao Paraná. Lá, um pequeno grupo de produtores de Nova Friburgo teve contato com a produção tecnificada do local. A partir disso, foi visualizada a tecnologia que poderia ser implementada. Além disso, os agricultores conheceram as mudas melhoradas provenientes do Chile e a necessidade de uma organização da classe produtora.

Em 2009, portanto, foi fundada a AMORANGO, associação dos produtores de morango de Nova Friburgo. Ao longo do tempo, mais agricultores foram tornando-se associados, adquirindo mudas de qualidade internacional e investindo em manejos de cultivo mais eficientes.

Apesar do acontecimento de impasses climáticos ao longo dos anos, a produção de morango continuou se solidificando. Após a tragédia de 2011, Nova Friburgo recebeu um auxílio do Governo do Estado – por meio do Programa Frutificar e Estradas da Produção – que possibilitou a adoção de uma nova tecnologia de produção, o morango suspenso. Essa técnica se mostrava uma produção mais sustentável e ainda demandava menos mão de obra, um fator limitante no meio rural.

Atualmente, com a técnica de plantação suspensa, a cidade serrana tornou-se um dos principais fornecedores de morango do estado. A partir do processo de semihidroponia, as mudas suspensas são plantadas em sacos fechados, chamados slabs, e recebem irrigação localizada pela técnica de gotejamento.

Produção de morango suspenso em Nova Friburgo/RJ
Produção de morango suspenso em Nova Friburgo/RJ

Com a consolidação da nova técnica e a organização da base produtiva, a AMORANGO recebeu, em 2013, do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual, a Marca Coletiva. Segundo a PROSA, “a MARCA COLETIVA torna a associação personalizada em nível nacional como uma entidade na qual seu produto é proveniente de membros de uma mesma coletividade e região.”

O morango de Nova Friburgo tornou-se tão famoso que virou motivo para festa. Anualmente acontece na cidade o Festival de Morango com Chocolate. Com essa união perfeita, o evento chega a reunir mais de 20 mil visitantes em um único fim de semana. Lá no festival encontram-se diversos pratos que contemplam esses dois deliciosos ingredientes.

Por fim, vale destacar que, em 2019, Nova Friburgo produziu aproximadamente 700 toneladas de morango, em uma área total de 30 hectares, espalhados por diferentes microbacias do município, o que gera uma faturamento bruto anual de mais de R$ 4.166.666,67.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *